02 agosto, 2012

ENTREVISTA


Gente  essa é nossa primeira entrevista com uma grande amiga que fiz durante um período em que estive internada.Com a autorização dela estaremos compartilhando alguns momentos que essa guerreira enfrentou.Esperamos que  seja de grande proveito para todos e todas e que fortaleça vc que ja passou ou esta passando por alguma crise lúpica.Vamos chama-la de Flor de lis.
 Mulheres vivendo com lúpus:
Como você descobriu que tinha lúpus?
Quando fiz os exames o FAN

Mulheres vivendo com lúpus:
E que sintomas você estava apresentando na época?
Flor de lis: Muitas dores nas juntas e inchaço e perdendo muito peso

Mulheres vivendo com lúpus:
Em que ano foi isso?
Flor de lis: Que eu descobri?Quando comecei sentir os primeiros sintomas foi em 2000 e descobri que era lúpus mesmo foi em 2001

Mulheres vivendo com lúpus:
Você já tinha ouvido falar sobre lúpus?
Flor de lis:  Não nem sabia q existia essa doença

Mulheres vivendo com lúpus:
E quando você ouviu o diagnostico o que você sentiu na hora?
Flor de lis: Ha um alivio, fui logo medicada, lembro como hoje

Mulheres vivendo com lúpus:
Você achou que fosse outra doença?
Flor de lis: Sim, pensava q era reumatismo, mas todos os exames que fazia só davam isso

Mulheres vivendo com lúpus:
E sobre os internamentos...
Como foram esses momentos pra você?
Flor de lis: Horrível, meu primeiro internamento foi em 2003, foi ode eu tive entre a vida e a morte, foi a pior fase da minha doença foi essa

Mulheres vivendo com lúpus:
Que sintomas você apresentou nesse internamento?
Flor de lis: Fiquei totalmente muita inchada, dores fortíssima
Ainda atingiu meu pulmão fígado. Fiz quatro drenagens no meu corpo

Mulheres vivendo com lúpus:
Você já achou que fosse morrer alguma vez?
Flor de lis: Sim, tive duas paradas

Mulheres vivendo com lúpus:
E quando você começou a se recuperar, o que sentiu?
Flor de lis: Cinco dias depois quando sai dos aparelhos, foi que vi q estava viva e não corria risco de vida

Mulheres vivendo com lúpus:
Você passou a ver a vida de outra forma?
Flor de lis: Sim, com certeza e ter mais cuidado

Mulheres vivendo com lúpus:
O que você acha q mudou na sua vida depois do lúpus?
Flor de lis: Não poder tomar sol, gostava muito beber umas cervejinhas e agora não poder sair a lugar nenhum, parei de me divertir.

Mulheres vivendo com lúpus:
Porque você não pode sair?
Flor de lis: Por causa das minhas limitações
Depois que perdi os movimentos dos membros inferiores
Minha vida mudou completamente

Mulheres vivendo com lúpus:
E como começou a perca dos movimentos?
Flor de lis: A fraqueza mesmo começou em 2005 quando eu percebi q não podia mais subir em passeio alta andar rápido
Fiz uma ressonância e constatou q era mielite transversa [medula inflamada] e fui deixando passar
Nesse mesmo ano fiquei internado divido uma alergia q tive e pra saber a causa dessa fraqueza fiz exames e não diagnosticou nada e cada vez aumentava minha fraqueza foi ai quando cai e não consegui mais me levantar sozinha

Mulheres vivendo com lúpus:
Você já ficou deprimida?
Flor de lis: Muito pensei que ia ficar depressiva quando me vi na cadeira de rodas, mas tenho um Deus em minha vida

Mulheres vivendo com lúpus:
A fé foi importante pra sua recuperação?
Flor de lis: Sempre

Minha linda flor de lis...obrigada e que o Senhor continue te abençoando e te guardando e resplandecendo sobre vc a luz!
                                 

4 comentários:

  1. Olá, parabéns pelo blog!Super interessante, tenho lupus há 10 anos e Mielite tranversa há 8. Com certeza hoje sou uma pessoa bem mais feliz apesar de todos o problemas que encaro a cada minuto, Deus me ensinou a aprender a conviver assim, a cada dia é um aprendizado novo e uma nova aceitação! Hoje tenho 27 anos, apesar de todas as dificuldades,de todos os problemas, eu me arrisco a dizer que sou muito feliz! Tenho muito a compartilhar, faço isso com todos a minha volta, apesar de tudo, sempre tento espalhar por onde passo tudo de bom que tenho em mim, aceitação, amor, fé... pois mesmo nas dificuldades tenho positivismo e fé! Bjs

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Aprender a conviver...esse é o segredo! Muita luz e paz pra nós!

    ResponderExcluir

Seja bem vinda e bem vindo !